Cientistas criam luva que converte gestos da língua dos sinais em palavras

Como o smartphone se tornou ferramenta de justiça social
27 de junho de 2020
Após conflito com a China, Índia proíbe 59 apps, incluindo TikTok e WeChat
30 de junho de 2020

Especialistas em bioengenharia da universidade UCLA, dos EUA, criaram uma luva capaz de traduzir a língua dos sinais americana, usada por pessoas surdas, em inglês e em tempo real por meio de um aplicativo de smartphone. O estudo foi publicado no último dia 29 no periódico científico Nature Electronics.

O sistema inclui um par de luvas com sensores elásticos que envolvem todos os dedos. Por meio de fios elétricos embutidos nos sensores, o aparelho detecta os movimentos que representam letras, frases e números. Os gestos são transformados em sinais elétricos, que são enviados a um circuito que fica no pulso e depois transmitidos a um smartphone, responsável por transformá-los em palavras faladas em um ritmo de uma palavra por segundo.

Além disso, os pesquisadores testaram colar sensores adesivos nos rostos dos participantes, em uma tentativa de capturas as expressões faciais que ajudam a compôr a linguagem dos sinais norte-americana. Não se trata do primeiro aparelho do tipo já construído. Contudo, os sistemas criados até agora eram pesados e desconfortáveis demais.

Continua após a publicidade

A criação dos cientistas da UCLA é leve e barato, além de duradouro. A invenção dá certa autonomia ao usuário, já que pode fazer com que a necessidade por um tradutor seja diminuída ou até mesmo eliminada.

Confira os produtos da Etiquetaria Paulista!

Acesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *